Olá visitante Entrar
Olá visitante Entrar

MEU NAMORO É UM ÍDOLO?

por Israel Felipe Favato terça-feira, 27 de dezembro, 2016 18502 ARTIGOS, CASADOS, FAMÍLIA, NAMORADOS, NOIVOS, SOLTEIROS, VIDA CRISTÃ

Namoro ídolo? O que é isso? Para podermos entender melhor o que faz de um namoro um ídolo precisamos conhecer as definições de ídolo.  

1. imagem que representa uma divindade e que se adora como se fosse a própria divindade.
2. fig. pessoa ou coisa intensamente admirada, que é objeto de veneração.

Na antiguidade os ídolos eram os deuses de culturas pagãs. Muitas lendas eram compostas ao redor deles e o misticismo fazia com que oferendas, sacrifícios e rituais de adoração fossem feitos para esses ídolos. Eles eram imagens ou esculturas esculpidas em rochas, madeiras ou moldadas no barro. 

Hoje em dia a questão da idolatria vai muito além de uma imagem. Um ídolo pode ser um status, uma posição social, carreira, estudo, trabalho, dinheiro, animal, pessoas e relacionamentos. Resumidamente o ídolo é tudo aquilo que colocamos acima de Deus em nossa vida, tornando-o um falso ‘deus’. Você pode me dizer que não coloca nada em sua vida na posição acima de Deus, porém, tudo aquilo em que você investe mais tempo, mais emoção e faz com mais empolgação do que faria na presença de Deus é um potencial ídolo.

A falta de relacionamento intimo com o Deus verdadeiro, nos torna construtores de ídolos. Ansiamos por um relacionamento intimo com a divindade. Quando não o temos com Deus começamos a procurar Deus em tudo e em todos.

“Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.” [Mateus 6:21]

Onde está nosso tesouro está todo o depósito de amor, confiança, segurança e todo coração. E o que Deus quer de nós é o nosso coração, pois dele procede as fontes da vida. Deus quer ser o único em nossa vida, o único amor, o amor maior. Ele nos pede para amá-lo com todo o coração, com toda a força e de todo entendimento para assim viver.

Como detectar um ídolo em minha vida?

Faça umas perguntas a você mesmo e seja sincero. De onde vem a sua confiança, alegria e felicidade?  Se baseiam em pessoas ou relacionamento? Detectei os ídolos que tinha criado quando fiz essas perguntas para mim mesmo. Não sentia bem quando estava sozinho com o meu eu. Quando sua confiança não vem em Deus, é como se você estivesse dizendo para Deus que Ele não é suficiente em  sua vida. Vi então onde estava colocando o meu coração e minha esperança: Estava procurando agradar mais uma pessoa do que a Deus. E vi que tinha colocado o relacionamento acima de Deus, tornado-se um ídolo.

Toda decisão que tomamos é para chegar mais perto do objetivo que planejamos, sonhamos. No meu caso estava tomando decisões não baseadas na voz de Deus, mas sim nas vozes dos outros até perceber que praticava algumas ‘loucuras’ por causa da paixão. Coisas que se fossem para Deus eu não faria, aí sim bateu aquela tristeza e reconheci que era um ídolo e que Deus não estava sendo prioridade na minha vida.

“Não te prostrarás diante deles nem lhes prestarás culto, porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso.” [Êxodo 20:5]

Deus é um Deus zeloso. Em outra tradução está que Deus tem ciúmes de nós: um ciúme de zelo, de cuidado e de amor. De tal maneira que deseja ser o primeiro de nossa vida. Que o nosso melhor amigo seja Ele, no íntimo da sua companhia. Deus nos diz para amarmos a Ele com tudo que temos; pois sabe que se não fazermos isso, nosso coração se deixará levar para ídolos e falsas doutrinas. Os ídolos sempre pedem mais e mais. Vivem enquanto alimentamos eles de sacrifícios, suor, dor e nunca estão satisfeitos. Acaba sugando o seu melhor de pouco em pouco sua felicidade, sua alegria, suas emoções… E quando se vê suga sua própria identidade e já não sabe mais quem é.

Quando Deus fala para amarmos a Ele de todo o coração é para o nosso bem, para Ele mesmo guardar o nosso coração e cuidar dele. Ser abraçado para sempre com seu Espírito de Pai, o Pai que tem zelo, amor e um enorme cuidado com seus queridos filhos. Tem certas coisas que podemos abrir mão porque não são importantes e coisas que podemos abrir mão, que são até importantes; sim! Mas não são fundamentais. Não podemos abrir mão da nossa prioridade que é Deus e do nosso relacionamento íntimo e profundo com Ele.

“Eu sou o Senhor; este é o meu nome! Não darei a outro a minha glória nem a imagens o meu louvor.” [Isaías 42:8]

Ídolos nos afastam de Deus. Pois Deus quer que vivamos na sua dependência e do seu sustento. Que toda alegria, confiança, amizade, paz sejam geradas por Ele, não por uma pessoa. Sendo a base de um relacionamento íntimo buscando agradar a Deus. Não deixe as bênçãos e as promessas de Deus se tornarem ídolos. Isso acontece quando amamos mais as bênçãos do que o dono das bênçãos.

Viva da dependência de Deus na sua área sentimental e emocional. Deixe Deus ser Deus em todas elas. Reflita se você tem colocado algo acima de Deus, do que Ele sonhou para você, dos princípios Dele. Compare o esforço que faz para agradar pessoas que ama se é  maior o que faz para agradar Deus. Veja onde está o seu tesouro e descubra onde está o seu coração.

Se houver algo ou alguém te afastando de um relacionamento mais profundo com Deus, ore e peça a Ele para te mostrar. E quando mostrar, que o seu coração esteja pronto para dizer em amor : Amém Pai, seja feita a sua vontade, não a minha. Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar.” [1 Samuel 15:22]

Deixei seu comentário, ele é muito importante para nós! 😀

__________________________

Contato do autor: felipefavato96@gmail.com

__________________________

LEIA TAMBÉM: Não namore para conhecer!

__________________________

PROMOÇÃO: Livro Deus une propósitos

De R$ 29,90 Por R$ 24,90

com frete grátis para o Brasil