Olá visitante Entrar
Olá visitante Entrar

O QUE FAZER QUANDO O RELACIONAMENTO QUE ERA MUITO BOM ENFRENTA UMA CRISE?

por Junior Meireles quinta-feira, 25 de maio, 2017 29437 ARTIGOS, CASADOS, FAMÍLIA, NAMORADOS, NOIVOS

Quando criança sonhava que eu seria feliz todos os dias, teria o melhor emprego do mundo, encontraria alguém bem legal, não teria problemas, possuiria dinheiro suficiente para viver tranquilo e então eu cresci. Ao crescer descobri que a vida nunca me deu garantias de que tudo seria sempre perfeito ou que as coisas aconteceriam do jeito que eu DESEJAVA.

Felizmente, desde pequeno convivo com minha avó dizendo que: “querer não é poder”, isso sempre confrontou minhas utopias. Aprendi com a sabedoria dela que não importa o quanto eu deseje que a vida seja boa, isso não é o suficiente. A vida é ambígua e eu preciso entender que tanto quanto existem dias bons, também existem os ruins. Compreender o efeito roda gigante da vida inaugurará o tempo da maturidade, COM ISSO nos conscientizará da necessidade de estarmos preparados não só para as subidas da vida, mas também para as descidas. Afinal, viver é arriscar e só é feliz na vida quem busca o melhor, mas se prepara para o pior.

Opa, antes que vocês digam algo, preciso dizer que não, isso não é pessimismo! Por favor, entendam que pessimismo é acreditar que tudo sempre vai dar errado, mas se preparar para o pior buscando o melhor é responsabilidade, é não descartar todas as possibilidades. É assim que deve ser nossa vida, devemos lutar com todas as forças para alcançar nossos objetivos, porém, sem descartar a possibilidade de não conseguirmos alcançá-los. Agora, respondam me: qual é o objetivo de um casal recém formadoSer feliz todos os dias até que a morte os separe? Mas, digam-me uma coisa: é possível ser feliz todos os dias? Não! Ainda mais quando o alvo da felicidade é ser feliz ao lado de alguém.

Assustadora essa verdade não é?

Pois bem, vocês precisam entender que se relacionar é somar tudo o que temos: emoções, sentimentos, alegria, felicidade, dor, raiva ,estresse etc. Relacionar-se é conviver com alguém que não importa quão equilibrada emocional seja, é instável como todo ser humano e ao ser exposta aos problemas do dia a dia, certamente, será influenciada por eles. O que quero dizer é que mesmo que ela seja uma moça doce como a Cinderela, após um dia de trabalho ao lado de um chefe mala, pode chegar ao seu encontro tão azul como a Mística do x-man, ou no caso do rapaz, ele pode ser romântico como um Don Juan, mas após ser submetido a diversos tipos de pressões durante o dia, pode se tornar o Hulk ao menor sinal de problemas ao fim do dia. Geralmente , ele ou ela estão  com quem no fim do dia? Com seus cônjuges! Isso aumenta consideravelmente a possibilidade de um desconforto entre o casal.

Uma grande verdade que precisamos reter é que: relacionamentos bons, também entram em crise e isso não é sinal de que ele deve terminar. Não mesmo! Como veremos a crise é uma ótima oportunidade para o crescimento. Compreendo que a crise não manda aviso, que chega de surpresa e muitas vezes vêm para interferir ou interromper um tempo muito bom. Porém, se formos responsáveis ,estaremos tão PREPARADOS para enfrentar os momentos de desconforto tanto quanto estamos empolgados para viver os bons momentos. O que percebo é que as pessoas estão ansiosas demais para usufruir das recompensas do casamento que desconsideram a possibilidade das coisas não saírem como planejadas, de dar errado, de vez ou outra saírem do controle e por isso, acabam por não se prepararem para os dias difíceis.

Conheço pessoas que não admitem em hipótese alguma que relacionamentos possuam dias difíceis, infelizmente, essas pessoas irão se surpreender depois do sim no altar, quando descobrirem que foram irresponsáveis e não levaram em conta o fato de que relacionamento não é um conto de fadas. Sejamos libertos do conceito hollywoodiano de relacionamentos, afinal, é só nos filmes que a mulher dorme e acorda com o cabelo arrumadinho, maquiada, sem bafo, sem remela e linda, é só lá que o homem está disposto a ser um gentleman todos os dias, se veste bem e sempre leva flores e chocolate para sua amada em todos os encontros. Na vida real, pessoas reais têm problemas e não estão bem todos os dias.

Convivi com noivos que sonhavam com o casamento perfeito, fizeram de tudo para que isso acontecesse e até viveram tempos bons, mas caíram na zona de conforto,  baixaram a guarda e pensaram que seria assim para sempre. De repente começaram a enfrentar uma sucessão de crises e problemas, agora pensam que a única alternativa para o relacionamento é o fim. 

Um casal que começa um relacionamento pensando que tudo será perfeito sempre, é como um casal que está saindo para dar um passeio de barco na orla do mar, os indivíduos não querem ir mar adentro, desejam ficar em um lugar seguro, mas de repente se distraem, acabam se afastando e  quando percebem estão no meio do mar, diante de nuvens espeças que evidenciavam uma grande tempestade.Como o objetivo era apenas dar um passeio eles não se prepararam, estão sem o suprimento necessário, diante de algo que nunca enfrentaram, desesperados e esperando que um faça algo brilhante e salve suas vidas. Os nervos alteram, a expectativa cresce, surgem às cobranças e quando um erra, gera frustração, medo e raiva, esses sentimentos possuem o poder de potencializar a crise fazendo os envolvidos pensarem que não serão capazes de sobreviver.

O que fazer quando o relacionamento que era bom entra em crise? Meu conselho é: viver intensamente os dias bons, mas não ser infantil e pensar que a vida será sempre do jeito planejado. Não descartar a possibilidade da crise e construir sonhos sobre bases firmes ,como o homem da parábola que JESUS contou ,que construiu sua casa sobre a rocha. Nunca saberemos  quando o dia ruim virá, mas podemos nos preparar, independente do momento que ele chegar. 

Leia também: O melhor presente que você pode oferecer a alguém é o seu tempo!

Promoção: Adquira agora o dois livros mais vendidos em nosso site [casamento começa no namoro e Deus une propósitos] em um combo promocional feito especialmente para você. Olha que legal: De R$ 59,80 Por R$ 42,00. Para comprar, clique aqui!

Correção e revisão: Beatrice Luz Pompeu