O DIVÓRCIO É UM PECADO IMPERDOÁVEL?

Olá, seja bem-vindo ao namoro com propósito. Neste texto vamos tratar sobre o assunto: o divórcio não é um pecado imperdoável. Se você é cristão e se divorciou, certamente conviveu em algum momento com a dúvida será que Deus um dia vai me perdoar? Essa dúvida é muito normal para nós cristãos que entendemos a seriedade do casamento, mas que acabamos tendo que passar pelo divórcio por motivos de força maior. É sobre isto que pretendo tratar neste texto, leia até o final e entenda o resultado da minha pesquisa sobre o assunto.

Olá, seja bem-vindo ao namoro com propósito. Neste texto vamos tratar sobre o assunto: o divórcio não é um pecado imperdoável.

Se você é cristão e se divorciou, certamente conviveu em algum momento com a dúvida será que Deus um dia vai me perdoar?

Essa dúvida é muito normal para nós cristãos que entendemos a seriedade do casamento, mas que acabamos tendo que passar pelo divórcio por motivos de força maior.

É sobre isto que pretendo tratar neste texto, leia até o final e entenda o resultado da minha pesquisa sobre o assunto.

.

Olá, seja bem-vindo ao namoro com propósito. Neste texto vamos tratar sobre o assunto: o divórcio não é um pecado imperdoável. Se você é cristão e se divorciou, certamente conviveu em algum momento com a dúvida será que Deus um dia vai me perdoar? Essa dúvida é muito normal para nós cristãos que entendemos a seriedade do casamento, mas que acabamos tendo que passar pelo divórcio por motivos de força maior. É sobre isto que pretendo tratar neste texto, leia até o final e entenda o resultado da minha pesquisa sobre o assunto.

.

PARA QUEM É ESTE TEXTO?

Antes de abordar tudo o que tenho a dizer, preciso deixar claro que este texto tem como objetivo falar ao coração de pessoas que lutaram por seus casamentos, mas que acabaram perdendo a batalha para o divórcio.

Portanto, o texto é para aqueles que entendem a seriedade do casamento e que se dependesse deles, ainda estariam casados.



Além disso, também pretendo falar aqueles que antes de terem tido contato com o evangelho cometeram erros que levaram seus casamentos ao divórcio.

Ainda que essas pessoas tenham cometido erros gravíssimos no passado, temos a convicção de que se elas estão em Cristo, seus erros foram lavados pelo sangue de Jesus e hoje elas são novas criaturas.

Porém, este texto não é para pessoas que deixaram suas famílias por causa do adultério, que destruíram o sonho de outra pessoa e que colocaram seus filhos em situação de vulnerabilidade por causa de uma aventura.

.

.

No entanto, é importante que fique bem claro que este texto não é para quem está em busca de uma desculpa para justificar o pecado de um divórcio por motivos banais.

Espero que isto tenha ficado claro.

.

EU SOU CONTRA O DIVÓRCIO!

Durante toda a minha graduação em Teologia me esforcei para demonstrar biblicamente e por meio da realidade social que o divórcio é um mal que precisa ser evitado.

Por isso, usei todos os meus trabalhos que possuíam tema livre para relacionar a disciplina ao divórcio e demonstrar o quão prejudicial ele pode ser.

Entre os temas que apresentei, estão:

– Como o divórcio afeta a família?
– Como o divórcio afeta os filhos?
– Quando o divórcio é inevitável?
– Divorciados podem casar novamente?
– Qual a relação entre teologia, divórcio e meio ambiente?
– O divórcio é um mal real que afeta a família, a igreja e a sociedade!
– O divórcio não é a solução.
– O Antigo Testamento e o divórcio.
– O Novo testamento e o divórcio.
– As mídias sociais e o divórcio.
– Ética cristã e o divórcio.

Após ter estudado tanto sobre o tema continuo crendo que o divórcio é um mal que precisa ser evitado, que é contrário à vontade de Deus e que é pecado.

No entanto, não posso fechar meus olhos para a maneira como muitos divorciados são tratados na igreja e por esse motivo, decidi escrever este texto.

.

O DIVÓRCIO É PECADO?

Sim, o divórcio é pecado e além de ser pecado, também é resultado de outros pecados que foram sendo cometidos dentro do casamento.

Afinal, quando um casal decide se divorciar, normalmente é porque o pecado já entrou no seu relacionamento.



Quais pecados levam um casal ao divórcio?

– Falta da presença de Deus
– Adultério
– Pornografia
– Falta de intimidade sexual
– Agressividade
– Falta de higiene e cuidado com o corpo
– Indiferença
– Excesso de trabalho

E por ai vai, tudo isso são pecados contra o outro ou contra nós mesmos que vai levando o casamento ao divórcio.

.

.

Ao ler a Bíblia, podemos ver que Deus deixa claro que o casamento deve ser até que a morte os separe (Mateus 19:6) e que Ele apenas permitiu o divórcio por causa da dureza do coração do ser humano (Mateus 19:8).

Mas é importante ressaltar que acima de tudo, ao invés do divórcio, Deus prefere muito mais o arrependimento e a reconciliação. Afinal, o casamento é sério e por isso, é preciso lutar por ele.

Porém, ainda que seja necessário lutar pelo casamento, ninguém é obrigado a ficar em um relacionamento abusivo.

E desta forma, se você está em um relacionamento abusivo, deve se afastar, para sua segurança. Sua vida é preciosa para Deus e embora a Bíblia nos leve a crer que as pessoas podem mudar, ela não nos obriga a ficar sobre o jugo de alguém agressivo que pode colocar nossa vida em risco.

.

A BÍBLIA DIZ QUE O DIVÓRCIO É UM PECADO IMPEDOÁVEL!

Dois trabalhos em especifico da minha graduação abriram os meus olhos para algo que eu ainda anão tinha percebido.

Um deles foi o: “Quando o divórcio é inevitável?” e o outro foi o “O divórcio não é um pecado imperdoável”.

Neste último trabalho, busquei demonstrar o quanto o divórcio é prejudicial, como deve ser combatido e quão pecaminoso ele é, mas não pude deixar de pensar em centenas de pessoas que por mais que tentaram, não conseguiram manter seus casamentos.

Sendo assim, não pude deixar de lembrar daqueles que suportaram e que suportam coisas insuportáveis para manter seu casamento.

E mergulhei na Bíblia afim de encontrar um texto sequer que demonstrasse que alguém deixaria de ser salvo ou que “perderia sua salvação” por ter se divorciado.

Sabe o que descobri?

Não há um texto sequer.



Procurei pelo menos um texto que poderia comprovar que um divorciado não pode ser membro de uma igreja, participar da Santa Ceia ou ser batizado.

Sabe o que descobri?

Não existe um texto sequer.

Portanto, posso dizer que sim, Deus odeia o divórcio. Mas ele odeia o divórcio como odeia qualquer outro pecado.

Sendo assim, com propriedade de quem muito estudou o tema – e claro, que ainda tem muito a aprender – afirmo que o divórcio é um pecado que deve ser evitado, mas que pode ser perdoado como qualquer outro. O divórcio é um pecado imperdoável?

.

VAMOS PENSAR FORA DA CAIXA

Como eu disse: sou contra o divórcio. Mas devo confessar que me preocupo que em nosso zelo de manter os casamentos – o que é uma coisa nobre e boa de se fazer – nós temos marginalizado um grupo inteiro de pessoas que se divorciaram e estão, inclusive, sofrendo imensa dor!

Infelizmente, muitos estão tratando as pessoas divorciadas como os “leprosos da modernidade” e os estão banindo da comunhão com a Igreja.

Em alguns ambientes eclesiásticos, o divórcio é tratado como um pecado imperdoável.

Pessoas divorciadas são tratadas como se elas tivessem algum tipo de doença, uma vez que elas não podem servir na igreja e nem são vistas como confiáveis.

Eu não acho que seja certo afastarmos os divorciados da igreja para o cantinho da vergonha em razão de uma área da vida deles que falhou.

.

.

É nosso chamado e nossa responsabilidade, como corpo de Cristo – de redimir e restaurar qualquer um que tenha passado por um divórcio!

.

UMA MENSAGEM PARA AQUELES QUE DESTRUIRAM SEUS CASAMENTOS!

Se você é um pecador perdido, e o divórcio é um de seus pecados, as boas novas são que Deus quer perdoar, limpar e usar você para a glória dEle!

Este maravilhoso perdão e esta paz restauradora farão de você uma nova criatura!

Mas será que você é capaz de reconhecer o seu pecado diante de Deus?

Quer voltar as costas à sua vida egoísta cheia de pecado, para uma obediência submissa a Deus?

Você crê que Cristo, o Filho de Deus, morreu e ressuscitou, pagando por seus pecados com sangue?

Você confia no Seu sangue e nEle somente como pagamento dos seus pecados?

Então invoque a Deus, arrependendo-se e crendo, e Ele lhe salvará!

Se você é um cristão e está afastado dos caminhos do Senhor, Deus quer lhe restaurar, mas você tem que encontrá-lo nos termos dEle.

Será que você quer se arrepender de seu pecado?

Volte a Cristo!

Ele o ama e o curará e o ajudará!



.

CONCLUSÃO

Só porque Deus é bom e perdoa, não significa que podemos fazer pouco caso do casamento.

Além de uma aliança sagrada, o casamento é um relacionamento de grande intimidade.

O divórcio, ou qualquer outro pecado dentro do casamento, traz graves consequências emocionais e espirituais, tanto para o casal como para o resto da família.

É bom lembrar o caso do rei Davi com Bate-Seba (2 Samuel 11).

Davi e Bate-Seba não têm uma relação direta com o divórcio. Mas envolve algo ainda pior por parte dos dois: O ADULTÉRIO!

E por parte de Davi a morte de Urias, um inocente para que seu pecado ficasse escondido.

Davi se arrependeu e Deus o perdoou!

Não só perdoou com lhe deu a chance de se tornar um homem segundo o seu coração.

Mas ele teve muitos problemas com sua família depois de seu pecado com Bate-Seba.

Portanto, se há esperança para o seu casamento, ore, lute e permaneça casado.

O divórcio não será a solução para o seus problemas. O divórcio é um pecado imperdoável

 

ASSISTA A UM DE NOSSOS VÍDEOS

Júnior Meireles

Júnior Meireles

Júnior Meireles é casado com Michele Meireles, pai da Isabela e do Heitor, criador da mobilização nacional NAMORO COM PROPÓSITO, bacharel em teologia, escritor de nove livros para solteiros, namorados e noivos e atua como conselheiro de jovens desde o ano de 2007.

Gostou? Compartilhe:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Deixe seu comentário:

Artigos Relacionados: